Chá de fralda: o que teve?

Então gente linda, no domingo foi meu chá de fralda, ou melhor, o chá de fralda do Arthur. Reuni muitas amigas e a mulherada da família, foi lindo lindo, e confesso que eu não tava esperando nem a metade da diversão que foi.

Pra começar, nada teria sido tão maravilhoso e possível se a minha mãe, vulgo, super vovó não tivesse ajudado a organizar tudo. As dindinhas do Arthur, Larissa e Paeni também ajudaram bolando as brincadeiras. Fora toda a mão familiar no dia pra fazer tudo dar certo, cada um fez um pouco. Até o Jaciel entrou na roda fazendo a âncora com o nome do Arthur e me ajudando um dia antes a fazer os barquinhos de papel que enfeitaram as mesas, até às 2h da manhã.

O chá teve a decoração toda inspirada nos marinheiros, na verdade esse é o tema geral do quarto do Arthur que ainda estamos montando. Na hora de brincar ao invés de ficar adivinhando os presentes, pedi pra que cada convidada levasse uma foto sua de criança sem identificação. Eu só vi as fotos na hora e tinha que adivinhar quem era em cada foto, a cada erro eu era pintada ou ganhava um novo acessório. A brincadeira rende boas risadas e acho que tirou um pouco aquele tédio de ficar adivinhando presente, que é sempre legal no início, mas depois todo mundo parece ficar meio de saco cheio, além disso, eu tinha pedido só fraldas.

O Jaciel também fez uma “cervejada futebolística de fralda” no mesmo horário do meu chá, reuniu os amigos e a parte masculina da família em quadra de futebol onde fizeram um churrasco.

Em ambos os “chás”, como eu disse antes, pedimos somente pacotes de fralda, mas acabei ganhando também várias roupinhas e outras coisas super legais e mega úteis (todas comemora!). Ainda não contabilizei tudo, mas creio que a gente só precise comprar fralda quando o pitoco completar um ano de vida. Por enquanto, o quarto onde é o nosso escritório/depósito de bugigangas tá tomado pelo cheirinho de fralda, limpas ao menos, hehehe.

Pra colocar a cereja no bolo, a linda Kati Wichinieski, minha colega de yoga e amiga, que também está gravidinha esperando o pequeno Guilherme, fez um registro maravilhoso desses momentos, que compartilho agora aqui no blog. Quem quiser conferir mais do belíssimo trabalho fotográfico dela e do marido, o Bruno Gomes, é só acessar a página deles no facebook.

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski

Foto: Kati Wichinieski