Adeus Ano Velho, maravilhoso. Feliz Ano Novo, sensacional!

Passa ano, chega ano. Por 23 anos da minha vida nunca uma virada foi tão especial. Não falo da virada que está por vir logo amanhã, falo da virada passada. Naquele adeus 2012 eu já tinha o Arthurzinho na minha barriga, só uma sementinha, sem nome, o bebê. Foi uma virada em que prendi a respiração, como uma criança que vai pular na piscina pela primeira vez, sabe que aquele arrepio e o friozinho na barriga trazem algo de bom.

Me despedi. Não só de um ano, me despedi de alguém. Tchau Carolzinha! Você nunca mais será a mesma, muito menos inha. Em 2013 eu cresci. Cresci saindo do salto, colocando o pé no chão, cresci pra frente junto com o meu barrigão. Cresci pra dentro, nunca imaginei que tinha tanto espaço pra crescer, pra absorver tantas emoções. Me conheci de verdade, aprendi a gostar mais de mim, a me amar, a amar. Amei como nunca, amo como nunca.

Não está sendo fácil me despedir do ano que mudou a minha vida. O ano em que completei minha família. O ano em que vivi o dia mais sensacional da minha vida. O 2013 em que eu pari, na madrugada do dia 1º de setembro a minha razão de viver. Eu me apaixonei de novo, redescobri o amor que eu já tinha pelo meu marido, como esse carinho cresceu, se transformou. É muito louco viver com o produto de um amor, ver ele crescer por 9 meses e nascer, ver finalmente a mistura que só o mais puro amor pode realizar.

Em 2013 eu aprendi a lidar com a ansiedade, foi o ano em que eu mais esperei na minha vida. Logo eu que nunca fui muito de esperar, nunca fui a rainha da paciência muito menos aquela que abre mão do controle. Não foi fácil viver o ano da montanha russa, aquela das emoções. Tantos humores em tão pouco tempo. O ano do equilíbrio perfeito entre a adrenalina e a ocitocina.

Depois de 2013 nada nunca mais será igual. Talvez todos os anos sejam diferentes uns dos outros, mas me deixem, deixem eu me despedir com saudosismo. Depois de 2013 eu tenho a certeza absoluta de que agora tudo tende a melhorar. Não tem como ser infeliz depois de 2013, não tem como não achar graça da vida, não tem como não celebrar.

Obrigada Arthurzinho, tu é a razão do meu 2013 mais feliz.

Feliz 2014 pra todos! Em especial para aqueles que, assim como eu, tiveram um 2013 que vai durar pra sempre! ∞

A primeira foto de 2013

A primeira foto de 2013

Sementinha

Sementinha

Primeira foto da barriga

Primeira foto da barriga

Ecografia de 11 semanas <3

Ecografia de 11 semanas ❤

Ecografia de 20 semanas

Ecografia de 20 semanas

<3

Chá de fralda

Chá de fralda

A última foto da barriga

A última foto da barriga

A chegada do Arthurzinho

Nosso primeiro abraço triplo

O sorriso mais lindo de 2013

O sorriso mais lindo de 2013

<3

Nosso primeiro Natal

Nosso primeiro Natal

A última foto de 2013

A última foto de 2013

Anúncios